Enap realiza oficina do Programa Internacional de Desenvolvimento de Executivos da Administração

18/09/15 - A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) realizou, nesta sexta-feira (18), a primeira oficina do Programa Internacional de Desenvolvimento de Executivos da Administração. O programa visa contribuir para o desenvolvimento de competências de altos dirigentes com foco na gestão em contexto de alta complexidade, no mapeamento de novos instrumentos para tomada de decisão em situações de crise e na implementação de políticas públicas.

Durante a abertura do evento, a chefe de Gabinete da Enap, Aline Soares, ressaltou que a capacitação faz parte do projeto de internacionalização da Escola, e que a Enap tem estado em contato com diversas instituições internacionais de renome. Ela explicou também que a intenção é que os participantes se tornem "disseminadores do conhecimento, que possam influenciar as próximas edições do programa, e que possamos formar uma rede de boas práticas, de pessoas que possam liderar esse movimento de competências e de inovação na gestão pública".

Já o diretor de Desenvolvimento Gerencial da Escola, Paulo Marques, frisou que, após a primeira edição do programa, a expectativa é que a Enap ofereça mais atividades para altos dirigentes, "porque é um desafio muito grande trazermos para um ambiente como esse pessoas com nível tão alto de responsabilidade".

Em sua intervenção, a secretária-adjunta da Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Paula Montagner - que atuará como coach durante essa edição do programa - falou sobre as atividades internacionais que serão desenvolvidas ao longo da capacitação: "Quando a gente vai a outro país, a gente não vai só para aprender. Acho fundamental que a Enap, que é a Escola de liderança da Administração Pública Federal brasileira, esteja aberta a trocar experiências".

O presidente da Enap, Gleisson Rubin, encerrou a abertura destacando que a formação é uma oportunidade ímpar para a Escola: "É uma retomada da Enap no seu campo de atuação junto às instituições acadêmicas mais prestigiadas do mundo", concluiu.