Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Enap 2012-2015 e Gerenciamento de Projetos

Embora existam diversas metodologias e instrumentos de planejamento estratégico, o desafio do processo de planejamento da Enap foi realizar uma leitura sobre sua realidade e identificar nas metodologias existentes contribuições que pudessem trazer para o processo de planejar. Assim, o processo de elaboração do Planejamento Estratégico da Enap utilizou:

  • Ferramentas do Planejamento Estratégico Situacional (PES) na fase de definição dos Objetivos, Inflexões e Nós Críticos;
  • Conceitos do Modelo Lógico para identificar as ações a serem realizadas;
  • Instrumentos do Balanced Scorecard (BSC) para comunicar sua estratégia e orientar seu processo de monitoramento;
  • Inspiração nas ferramentas de gerenciamento de projetos para definir prioridades.
Resumidamente, o histórico do processo de definição do Planejamento Estratégico da Enap pode ser descrito da seguinte forma: em 2011, a elaboração contou com uma fase preparatória de nivelamento de informações. Foram definidos os valores organizacionais e objetivos estratégicos da Escola e identificados os nós críticos (que impedem o alcance dos objetivos) para os quais foram definidas inflexões para os saltos de qualidade almejados. Na terceira etapa, foram estabelecidas as ações necessárias para o desenvolvimento das inflexões e, posteriormente, sua priorização para os anos 2011/2012.

No início de 2012, foi iniciado um processo de detalhamento das ações e iniciadas as discussões para a construção do sistema de monitoramento, para o qual, ao longo do ano, foram definidas alterações, por conta de pontos críticos operacionais.

Para 2013, o Planejamento Estratégico passou por revisão. Os objetivos estratégicos da escola (bem como as inflexões) foram revisitados e as ações foram reorganizadas em projetos.

A estrutura do planejamento estratégico contendo “objetivos estratégicos, inflexões e nós críticos” passou para a estrutura baseada no Balanced Scorecard (BSC). Os objetivos estratégicos revisitados e ajustados foram organizados nas perspectivas de Contribuição para a Administração Pública; Resultados Institucionais; Processos Internos; Pessoas, Tecnologia e Infraestrutura.



Acesse aqui o mapa estratégico em formato de texto

Para que a organização mova-se na direção dos objetivos traçados na estratégia, foi definida a gestão de projetos como fator essencial para elevar essa capacidade.


Para o gerenciamento dos projetos estratégicos, foi definida uma metodologia própria para a Enap. O Método de Gestão de Projetos da Enap tomou como base os processos que ocorrem no ciclo de vida do projeto, cujas fases facilitam o controle e clarificam o caminho escolhido pela equipe do projeto. O método engloba as seguintes fases do ciclo de vida dos projetos: (1) Iniciação; (2) Planejamento; (3) Execução; (4) Monitoramento e Controle; (5) Encerramento.